Rusticidade sensorial

As cerâmicas criadas pelas artistas plásticas cariocas Luiza Aquim e Cecilia Gibbs agradam chefs e apreciadores de uma bela mesa

Texto: Raphaela de Campos Mello

Rusticidade sensorial | <i>Crédito: Divulgação
Rusticidade sensorial | Crédito: Divulgação
Quem já teve a oportunidade de provar as delícias dos restaurantes Lasai, Buffet Aquim, O Navegador, Rubaiyat e Grand Hyatt, no Rio de Janeiro, deve ter notado as belas cerâmicas que as acompanham. As peças nascem das mãos de Luiza Aquim e Cecilia Gibbs, sócias do ateliê Ibicoio, instalado no jardim de uma casa no Cosme Velho, zona sul carioca. Lá, outras criações têm como destino a mesa nossa de cada dia. Todos primam pela “rusticidade sensorial” e atendem aos mais diversos fins. A linha Jardim traz vasos e cachepôs, baldes de gelo, champanheiras, castiçais e queimadores de óleos aromáticos; a linha Pro conta com assadeiras, saladeiras, fruteiras, bowls, pratos, copos para caldinho, além de kits de pratos retangulares; e a linha Home reúne saboneteiras, potes, pedestais, mantegueiras e refratários. O preço de cada item depende do peso (o valor é estabelecido por quilo) e pela quantidade. Por exemplo: um copinho para caldo de feijão vale R$ 10, se forem mais de 12 peças, o valor cai para R$ 9,85; acima de 36 peças, fica em R$ 9,60 cada. Vendas no ateliê com hora marcada.

IBICOIO 
Tel. (21) 2245-3702 | facebook.com/ibicoio

14/02/2017 - 10:00

Conecte-se

Revista Bons Fluidos