Meditação programada

O aplicativo Insight Timer é recheado de ferramentas que estimulam a prática diária. Uma delas permite que gente do mundo todo medite em rede e visualize isso, como mostra a imagem abaixo

Texto: Raphaela de Campos Mello

Meditação programada | <i>Crédito: Shutterstock
Meditação programada | Crédito: Shutterstock
Quem deseja iniciar ou consolidar a prática da meditação encontra no aplicativo gratuito Insight Timer um gostoso empurrãozinho. Disponível na App Store e no Google Play – para Android e IOS –, o programa oferece ferramentas variadas, entre elas, 3349 meditações guiadas de diferentes linhas (e idiomas), tais como zen-budismo, vipassana, theravada etc., e podcasts com ensinamentos de mestres espalhados pelo mundo. Há ainda prática de ioga nidra e cantos sagrados, além de playlists para dormir, relaxar ou acessar a plena atenção. O sistema de despertar é imbatível. Por meio dele é possível definir a duração da meditação, a quantidade de intervalos e
os tipos de sino a serem tocados nesses momentos, bem como o som ambiente. Outra curiosidade? Gráficos registram as incursões diárias e um ranking de estrelas vai se formando à medida que a “milhagem” meditativa avança. “Esse recurso permite que o praticante perceba quanto já meditou nos últimos dias, semanas, meses”,
aponta a revisora Hellen Silva, adepta do aplicativo desde dezembro de 2014. O usuário não precisa experimentar tudo isso sozinho. Há a possibilidade de se conectar a grupos de discussão e de prática ao redor do globo. Imagine interagir com um monte de gente vibrando na mesma sintonia, escolher os grupos com os quais quer meditar e poder ver, através de um mapa, quem está meditando junto com você em tempo real. É possível enviar a esses colegas uma mensagem automática com os dizeres: “Obrigado por ter meditado comigo”. “Muitos deles, de várias partes do mundo, devolvem o agradecimento no mesmo momento. É muito rico. Com o tempo as pessoas
vão se tornando amigas nessa rede”, detalha Hellen. A ideia é que os adeptos possam se encorajar mutuamente, criando as condições para que a paz brote dentro de cada um. Até envolver o planeta todinho. 

VEJA MAIS EM

03/03/2017 - 11:04

Conecte-se

Revista Bons Fluidos