Desbloqueando os canais energéticos

As agulhas entram em ação (uma ou duas vezes por semana) para desbloquear a energia desse órgão, estimular a circulação sanguínea no local e gerar relaxamento muscular

Texto: Raphaela de Campos Mello

Desbloqueando os canais energéticos | <i>Crédito: v k p h / i S t o c k
Desbloqueando os canais energéticos | Crédito: v k p h / i S t o c k
Passar muito tempo sentado sobrecarrega o nervo ciático, que pode vir a reclamar. Bom alívio vem da acupuntura. “Para a medicina tradicional chinesa a dor no ciático é causada pelo enfraquecimento energético do rim”, afirma a especialista Lucila Ohashi, de São Paulo. As agulhas entram em ação (uma ou duas vezes por semana) para desbloquear a energia desse órgão, estimular a circulação sanguínea no local e gerar relaxamento muscular. Dependendo dos sintomas, é possível combinar outros tratamentos, como bolsa de água quente, moxabustão (bastão de erva que emite calor), ventosa e eletroestímulo. “O aspecto emocional também é trabalhado, pois a dor ciática está associada ao medo do por vir, principalmente preocupações relativas à estabilidade financeira”, completa Lucila. Mais uma possibilidade é executar a postura do pombo reclinado, que pode ser feita na própria cadeira, diariamente. Traga o tornozelo por cima do joelho oposto, lembrando sempre de manter o pé da perna erguida flexionado. “O importante é realizar esta ação nas duas pernas, mesmo que apenas um lado esteja com o problema”, ressalta a professora Andrea Wellbaum.

LUCILA OHASHI 
Tel. (11) 98685-4045



23/11/2016 - 08:52

Conecte-se

Revista Bons Fluidos