Cozinha viva

Pratos crus que se curvam à memória afetiva são a especialidade do sofisticado Ró, no Rio

Texto: Raphaela de Campos Mello

Cozinha viva | <i>Crédito: Divulgação
Cozinha viva | Crédito: Divulgação
Uma charmosa casa da década de 1920 com vista para o Jardim Botânico abriga o primeiro restaurante contemporâneo 100% raw do Rio de Janeiro. Batizado de Ró, o novo point da alimentação viva oferece tanto pratos à la carte quanto um inventivo menu degustação composto de cinco (R$ 120) ou oito (R$ 145) cursos, entre eles, tartare de caju sobre cama de creme de coco fermentado. Invenções da chef Inês Braconnot, pesquisadora dessa vertente há 15 anos. “Gosto de criar opções saudáveis e tão ou mais saborosas do que as dos nossos avós”, ela confessa. Outras opções, como o nhoque de baroa, podem ser saboreadas na fórmula que inclui couvert, entrada, prato principal e sobremesa (R$ 88).

RÓ 
Tel: (21) 3559-0102

01/03/2017 - 11:48

Conecte-se

Revista Bons Fluidos