Uniões 'ecofriendly' priorizam materiais recicláveis e dão novos usos a embalagens do dia a dia

Nada de esbanjar, o zelo pelo meio ambiente chegou às festas de casamento.

Texto: Raphaela de Campos Mello

Decoração sustentável | <i>Crédito: Atêlie na praia
Decoração sustentável | Crédito: Atêlie na praia
Do convite à lembrancinha, cada detalhe pode ser pensado para poupar os recursos naturais e, de quebra, evitar gastos excessivos. O que chama a atenção nesse tipo de evento é a decoração, ancorada no lema “menos é mais”. Garrafa de vidro, lata de alumínio, caixinha de fósforo e caixotes de frutas ressurgem com novas funções: castiçal, vaso, porta-guardanapo e por aí vai. Haja criatividade! Há também quem opte por celebrações diurnas, para aproveitar a luz solar, ou então, por objetos pessoais, como livros, quadros e móveis, que, além de trazerem aconchego ao espaço – a custo zero –, contam a história do casal. A seguir, Jeane da Costa, decoradora e fundadora da The Story Box, empresa especializada em eventos sustentáveis, da capital paulistana, fala um pouco mais sobre esse estilo ambientalmente harmônico e suave de se casar.

Que tipo de casal opta por um casamento sustentável? 
Jovens que não querem ostentar no visual da festa e precisam economizar no orçamento. Arranjos florais de casamentos de luxo, por exemplo, demandam muitos ramos. Os nossos, por utilizar garrafas ou potes mais singelos, pedem infinitamente menos flores. Com isso, consegue-se reduzir de três a cinco vezes o valor em comparação com um arranjo clássico. Essa tendência ficou mais forte de uns anos para cá no Brasil e já é uma realidade consolidada nos Estados Unidos.

Quais são os itens de decoração mais apreciados pelos noivos?
Garrafas, potes de vidro, latas, caixotes de frutas e até mesmo peças inusitadas como caixa de fósforo e rolo de papel-toalha. A capa da caixinha de fósforo pode ser forrada com tecido ou papel de scrapbook e se converter em porta-guardanapo, por exemplo. E tudo isso pode ser usado em outros casamentos. Outros itens que agradam e ao mesmo tempo são bons exemplos de sustentabilidade são a utilização de papel reciclável nos convites e, nas lembrancinhas, a sugestão de mudas de plantas, envelopes com sementes e até ecobags para presentear os convidados. Alguns clientes já nos consultaram sobre doces e bolos com ingredientes orgânicos. Sabemos que é uma questão de tempo isso se tornar tendência também.

E como se lida com o lixo e o desperdício? 
Sempre colocamos uma tag informando aos convidados sobre o reaproveitamento dos recipientes e orientamos que eles não os levem embora, somente as flores. E calculamos uma quantidade mais justa de doces, bolo e o próprio buffet a fim de evitar sobras desnecessárias.




16/05/2016 - 09:00

Conecte-se

Revista Bons Fluidos