Parede bem composta

Círculos de tecido personalizam o ambiente – seja de um quarto infantil, sala, canto de leitura...

fotos Luis Gomes | produção Tatiana Guardian e Verônica Naka

Parede bem composta | <i>Crédito: Luis Gomes
Parede bem composta | Crédito: Luis Gomes
Para renovar as paredes sem usar tinta, as arquitetas Éllen Cavalcante e Paula Ferraz sugerem uma composição com círculos de tecido de diferentes tamanhos. Escolha estampas que se integrem mais aos móveis e revestimentos do ambiente e divirta-se. Se enjoar, basta descolar os apliques da superfície. 


1- Para criar um molde para o círculo, faça um compasso: amarre uma lapiseira na ponta do barbante, meça a metade do diâmetro desejado e amarre a outra ponta na segunda lapiseira. Mantenha uma delas firme e, com a outra, trace a circunferência na cartolina. Recorte.

2- Sobreponha o molde de cartolina à entretela, risque e corte. Use em seguida o molde de entretela. Apoie o lado colante no avesso do tecido escolhido e fixe com o ferro de passar. Agora é só recortar a circunferência de tecido deixando uma margem de 3 cm.

3- Faça picotes na borda do pano a cada 1 cm. Dobre a borda, fixando-a no verso da entretela com cola e pincel. Para aderir a circunferência de tecido à parede, passe cola spray em seu verso. Faça outras bolas repetindo o processo quantas vezes quiser e no tamanho que deseja.

MATERIAL:

• Tecido de algodão 
• Entretela 
• Cartolina 
• Barbante e pincel 
• Duas lapiseiras 
• Régua e tesoura 
• Cola branca 
• Cola spray 
• Ferro de passa

08/02/2016 - 09:00

Conecte-se

Revista Bons Fluidos