França proíbe o desperdício de alimentos

O país é o primeiro do mundo a multar os mercados que continuarem com a prática

Letícia Gerola

Quem descumprir a lei pode ser multado em até 75 mil euros | <i>Crédito: Shutterstock
Quem descumprir a lei pode ser multado em até 75 mil euros | Crédito: Shutterstock

Segundo um relatório das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) publicado em 2014, seria possível acabar com a fome no mundo se não houvesse tanto desperdício de comida. Pensando em reduzir com a quantidade exorbitante de desperdício que acontece na França – o número chega a 20 Kgs de alimentos desperdiçados por pessoa – o país aprovou em maio de 2015 uma lei que proíbe o desperdício de comida nos supermercados. Segundo a legislação francesa, a partir de julho de 2016 os estabelecimentos com mais de 400 m2 são obrigados a doar os alimentos que sobram para organizações dedicadas à alimentação animal ou à fabricação de adubos. Quem descumprir a lei pode ser multado em até 75 mil euros e ter que cumprir dois anos de prisão.
               
A iniciativa francesa é uma tentativa macro de reduzir o desperdício de alimento no país. Mesmo sem uma lei brasileira, dentro de casa é possível contribuir para a causa: reutilizar as sobras dos alimentos em tortas e oferecer a comida que sobra para moradores de rua são algumas atitudes para implementar em casa.

27/12/2016 - 18:16

Conecte-se

Revista Bons Fluidos