Filtro de água para Mariana foi indicado a prêmio

Conhecido como “Nobel da Educação”, o dispositivo desenvolvido pelo professor Wemerson Nogueira está entre os indicados para o Global Teacher Prize

Letícia Gerola

“Filtrando as águas do Rio Doce”, o projeto já rendeu ao professor o prêmio nacional de Educador nota 10 | <i>Crédito: iStock
“Filtrando as águas do Rio Doce”, o projeto já rendeu ao professor o prêmio nacional de Educador nota 10 | Crédito: iStock

Um filtro a base de areia que deixa a água totalmente transparente, essa foi a invenção do professor de química Wemerson Nogueira desenvolvida junto com os alunos. A ideia surgiu quando os estudantes recolhiam amostras de água do Rio Doce na região de Regência e metais pesados foram encontrados no rio. O filtro torna a água própria para uso agrícola e doméstico, pois purifica o líquido em 75%. Ribeirinhos da região que não tinham o que beber receberam o filtro feito pelos alunos, que será replicado para diferentes cidades.
                Intitulado “Filtrando as águas do Rio Doce”, o projeto já rendeu ao professor o prêmio nacional de Educador nota 10, concedido aos dez melhores do país. Já o resultado do Nobel da Educação será divulgado em março. 

11/01/2017 - 12:19

Conecte-se

Revista Bons Fluidos