Pequena notável

A Aeschyanthus pulcher fica Aeschyanthus pulcher fica maravilhosa em vasos ou jardineiras suspensas. E sabe o que mais? Sua presença vermelha atrai beija-flores

Texto: Nina Campos

Pequena notável | <i>Crédito: iStock
Pequena notável | Crédito: iStock
Local

“Essa espécie, também chamada de planta-batom, pode ser cultivada dentro ou fora de casa, desde que  à meia sombra. Nunca exposta ao sol direto”, diz a paisagista Nô Figueiredo, de São Paulo.


Plantio

Em um vaso com furo, coloque uma camada de argila expandida, um pouco de areia, substrato orgânico, a muda e mais substrato. (Estacas feitas da própria haste servem de mudas.)

Rega

Ela não gosta de ficar encharcada. Regue três vezes por semana na primavera e no verão (quando o tempo está quente e seco) e duas vezes por semana no outono e no inverno.

Poda

“Faça a poda no outono, eliminando os ramos laterais e cortando todas as demais hastes pela metade de seu comprimento. A cada dois anos, transplante-a para um vaso maior”, sugere Nô. 

Adubação

“Após a floração (que termina no final do verão), misture 3 colheres de torta de algodão, 1 de farinha de osso, 8 de húmus de minhoca e aplique 1 colher de chá no vaso”, diz Nô. 

11/01/2017 - 10:31

Conecte-se

Revista Bons Fluidos