O casamento entre acupuntura e estética

Rugas, acne, manchas, gordura localizada, queda de cabelo... A técnica milenar chinesa pode resolver vários problemas

Letícia Gerola

O tratamento estético com acupuntura melhora a saúde do paciente através de seu equilíbrio energético | <i>Crédito: iStock
O tratamento estético com acupuntura melhora a saúde do paciente através de seu equilíbrio energético | Crédito: iStock

A acupuntura estética é utilizada no Brasil desde o final da década de 70, quando os primeiros médicos começaram a estudar e a aplicar a acupuntura no país. Desde então, a técnica vem sendo aprimorada. “As principais indicações são rugas, flacidez, acne, manchas, celulite, gordura localizada, estrias, pele oleosa ou seca, queda de cabelo e emagrecimento (neste caso visando à saúde como as síndromes metabólicas)”, indica Dra. Maria Assunta Yamanaka, médica dermatologista e especialista em Acupuntura estética e membro do Colégio Médico de Acupuntura de São Paulo (CMAeSP).  Em geral, a acupuntura estética é indicada quando não há grande excesso de pele ou de gordura, nem rugas muito profundas.
  O tratamento estético com acupuntura melhora a saúde do paciente através de seu equilíbrio energético. “No tratamento da celulite, por exemplo, é muito importante equilibrar a parte hormonal e circulatória do paciente, o que realizamos com a acupuntura. Para o tratamento das rugas, além da atuação sobre as rugas propriamente ditas, tratamos o desequilíbrio energético relacionado aos cinco órgãos na medicina tradicional chinesa.
  E essa harmonização irá fornecer o mecanismo para a suavização das emoções e das rugas. Durante a consulta, o médico acupunturista questiona quais problemas de saúde e emocionais que a paciente apresentou desde o nascimento, características de sono, hábitos intestinais, alimentares, menstruais, dentre outros”, garante Dra. Assunta. O diagnóstico é feito sob o ponto de vista da medicina Ocidental e da Medicina Tradicional Chinesa. Essa avaliação torna o diagnóstico e o tratamento mais completos. Um tratamento que vai de dentro para fora e também de fora para dentro.

  “A acupuntura pode ser considerada uma das terapias ditas integrativas. A medicina integrativa avalia o ser como um todo levando em consideração todos os aspectos do ser, como a alimentação, praticas esportivas, cuidados mente e corpo, a espiritualidade, sendo que a acupuntura entra dentro deste contexto integrativo do corpo como um todo, levando ao paciente saúde, longevidade e beleza. Pacientes se tornam mais autoconfiantes, com auto-estima elevada, fazendo o pensar no seu auto cuidado. A expressão exteriorização do Shen para a face, significa esse brilho no olhar”, explica Dra. Assunta.
  Muitos pacientes fazem acupuntura para auxiliar no emagrecimento, para controlar a ansiedade, a compulsão alimentar, a retenção de líquidos. “As pacientes dizem que as pessoas com quem convivem perguntam o que estão fazendo que estão diferentes, mais bonitas. Elas contam que é acupuntura e ninguém acredita”, completa.

 

03/04/2017 - 20:39

Conecte-se

Revista Bons Fluidos