Em sintonia com a segunda-feira

Cada dia da semana tem uma vibração especial. Saiba qual é a energia de hoje e veja como incorporá-la a sua rotina

Texto: Bons Fluidos Digital | foto: iStock

Segunda-feira | <i>Crédito: iStock
Segunda-feira | Crédito: iStock

Os antigos associaram os deuses e os planetas aos dias da semana e descobriram uma tônica em cada um: por exemplo, alegria para o domingo, dia do sol, e amor para a sexta-feira, dia consagrado a Vênus. Você pode aproveitar com essas forças para inspirar e melhorar sua rotina.

Na sexta-feira, enfeite sua casa com flores e abra o espírito para tudo o que é belo: esse é o dia consagrado à deusa do amor, Vênus. Aos domingos, regidos pelo caloroso sol, celebre com a família e os amigos. “Há milênios os povos atribuem a cada dia um tipo de vibração, relacionada aos deuses e aos planetas do sistema solar”, explica Othon Winter, professor de astronomia da Universidade Estadual Paulista, de Guaratinguetá, São Paulo.

Atenção às atitudes

Essa energia da natureza, que os antigos aproveitavam nas funções cotidianas, pode ser usada para planejar suas ações, em qualquer lugar. Se um conflito a resolver, evite fazê-lo na terça, pois Marte era o deus da guerra, e os ânimos podem estar exaltados. Já a segunda-feira, dia da lua, rege as emoções e facilita a intimidade.

Os nomes que ainda hoje batizam os dias em vários idiomas homenageiam os astros conhecidos nos primórdios da astronomia e da astrologia, que a princípio andavam juntas: sol, lua, Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno.

Deuses de todo o mundo

Essas divindades romanas encontraram correspondência nos cultos de povos de outras partes do mundo. “Os deuses simbolizam arquétipos, que são características comuns a todos os seres humanos, em todos os tempos, como a bravura, a responsabilidade e a sedução”, diz a estudiosa Maria da Guia Santiago, de São Paulo.

Os orientais usaram os mesmos astros ao criar seus calendários. “Na Índia, o Panchang, baseado nos ciclos da lua, orientava cálculos dos horóscopos e celebrações religiosas”, conta Ravindra Omar Karahe, estudioso da cultura indiana, de São Paulo.

A divisão oficial da semana em sete dias, esclarece Othon Winter, aconteceu apenas três séculos depois de Jesus Cristo, por decreto do imperador Constantino, no ano 321. “Até então, havia povos com calendários divididos em quatro dias, outros em dez.”

Com o avanço do cristianismo, o sábado e o domingo, dias de Saturno e do sol, receberam os nomes religiosos de sabbatum (do hebraico shabbath, que significa descanso) e dominica (que quer dizer dia do Senhor).

Em Portugal e no Brasil, retomou-se o antigo hábito cristão de numerar cada dia em relação ao sabbatum, usando a terminação “feria” (feriado). Assim, o segundo feriado depois do sábado virou a segunda-feira, o terceiro, a terça, e assim respectivamente, por todos os dias. O domingo, dia do Senhor, substituiu a “prima feria”.

Conheça a seguir as vibrações associadas à segunda-feira e como sintonizar-se com elas usando cores, pedras e aromas. Amanhã, publicaremos a rotina mais adequada à terça-feira e assim, sucessivamente, até o domingo.

Segunda-feira

Depois do calor e da expansividade do domingo, a segunda-feira chega trazendo um tipo de energia mais pacificadora, convidando à interiorização. Caso esteja em casa ou em algum lugar calmo, tranqüilo, medite por alguns minutos ou, pelo menos, volte o olhar um pouco para dentro de si mesmo. No trabalho, evite ações enérgicas e situações de confronto. Sinta suas forças sendo restauradas para enfrentar a semana de trabalho com mais equilíbrio.
Os indianos há 3 mil anos já acreditavam que a energia receptiva do dia da lua (somvar, em seu antigo idioma, o sânscrito) favorecia a resolução de dificuldades emocionais, conflitos familiares ou problemas ligados às origens e raízes pessoais, que são assuntos regidos pelo astro.

Cultive a feminilidade

As forças lunares favorecem o uso da energia psíquica e da intuição, além da compreensão das mensagens que nos chegam do inconsciente por meio dos sonhos, por exemplo. Como o satélite da Terra representa também a feminilidade e a maternidade, a segunda-feira é ideal para tratar desses temas. Ligue-se também a sua trajetória pessoal, reveja fotos e álbuns de família e homenageie seus antepassados.

Aproveite os momentos de recolhimento para fazer o planejamento da semana e agendar suas tarefas. Ao longo do dia, porém, evite se sobrecarregar de compromissos e frequentar lugares muito movimentados.

Deus romano: Luna, deusa lunar

Deus indiano: Shiva, deus da transmutação

Planeta: Lua

Signo: Câncer

Cores: Branco e prateado

Pedra: Pedra-da-lua

Metal: Prata

Aroma: Eucalipto

Anjo: Gabriel

Bom para: Interiorização e meditação

Ruim para: Frequentar lugares agitados

11/07/2016 - 13:04

Conecte-se

Revista Bons Fluidos